Repórteres Sem Fronteiras denuncia detenção de blogueiro em Cuba

A organização de defesa da liberdade de imprensa, Repórteres Sem Fronteiras (RSF), denunciou nesta sexta-feira a detenção de um blogueiro e diretor de um jornal digital em Cuba, onde agora há 26 jornalistas presos.

AFP |

"Com 26 jornalistas presos, Cuba ostenta agora com o Irã o posto de terceira prisão do mundo, atrás de Eritréia e China", denunciou a organização em um comunicado divulgado em Paris.

Segundo a RSF, os blogueiros Luis Felipe González Rojas e Yosvany Anzardo Hernández foram detidos e agredidos em 10 de setembro de 2009 em Holguín (leste de Cuba).

Luis Felipe González Rojas foi liberado, mas "Yosvany Anzardo continua detido", indicou a RSF, denunciando que "desde que o detiveram, não conseguiu se comunicar com sua família".

"As autoridades se empenham em abafar qualquer manifestação na internet de uma sociedade civil que está se configurando", indicou a RSF, que considerou que "a censura representa uma rejeição do governo às mudanças na ilha, presentes e futuras, que escapam ao seu controle".

gc/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG