Repasse federal a municípios tem queda de 14%

O repasse do Tesouro Nacional ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) sofreu uma queda de 14,1% em janeiro e pegou de surpresa os prefeitos, que esperavam uma melhora na arrecadação. O Tesouro explicou que a maior parte da redução ocorreu devido ao pagamento, em dezembro, de R$ 2 bilhões de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Agência Estado |

Porém, a expectativa do Tesouro é de que os repasses cresçam neste mês.

O recuo também indica que a arrecadação do governo ainda mostra uma reação relativamente lenta à retomada da atividade econômica. Além disso, sugere que a arrecadação do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) deve sentir o impacto, nos primeiros meses, do balanço financeiro das empresas que sofreram mais com o impacto da crise econômica. É no início de cada ano que as empresas fazem o ajuste do IRPJ relativo ao exercício anterior.

Segundo o Tesouro, 62% da queda do repasse ao longo do mês de janeiro foi decorrente do pagamento das restituições do IRPF. O Tesouro confirmou, no entanto, que as empresas recolheram menos IR incidente sobre juros do capital próprio, por causa do impacto da crise no balanço das companhias, o que também reduziu o volume a ser transferido aos prefeitos. Mudanças no prazo de recolhimento do Imposto de Renda retido na fonte e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) também teriam, segundo as informações do Tesouro, reduzido o repasse.

A legislação obriga a União a repassar 23,5% da arrecadação do IR e do IPI aos municípios. O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, disse que os prefeitos receberam R$ 621,07 milhões a menos em janeiro de 2009 e estão alarmados com a diminuição do repasse no primeiro mês do ano, que historicamente registra o terceiro maior movimento do FPM no ano. Segundo ele, a queda do repasse dificulta o planejamento orçamentário das prefeituras. A CNM pediu explicações ao Tesouro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG