Renda de trabalhador com 2º grau subiu 8,5% em 2008

A renda do trabalhador com pelo menos o 2º grau completo subiu 8,5% no ano passado em relação a 2007, mais do que a média no período, que foi de 2,8%, e superando faixas de escolaridade menores. O dado consta de análise do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sobre os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) de 2008.

Agência Estado |

O grupo de trabalhadores com pelo menos o segundo grau completo também foi o que mais cresceu no total de ocupados, passando de 21,964 milhões de pessoas em 2001 para 37,864 milhões em 2008, um aumento de 72% na comparação entre 2001 e 2008. Esse informação e o de rendimento foram vistos pelos pesquisadores do Ipea Lauro Ramos e Carlos Henrique Corseuil como indícios de que o mercado demandou mão de obra mais qualificada nos últimos anos.

Corseuil disse que "o mercado de trabalho atingiu seu melhor momento na década no ano passado e a década é muito boa". Ele observou que a população ocupada aumentou mais do que a população em idade ativa nos anos de 2002, 2004, 2005, 2006 e 2008. Ramos observou que os dados da Pnad do ano passado não se referem ao fim do ano de 2008, mas ao período até antes da crise, já que a coleta de informações da Pnad foi encerrada antes da crise.

Entre os pontos destacados pelos pesquisadores foi o de que o crescimento da população ocupada em 2008 foi de 90,9 milhões de trabalhadores comparado a 88,4 milhões em 2007, 2,9% maior que a média do período de 2001 a 2008. Corseuil disse que em 2008 houve menor taxa de desemprego desde 1996. Ele e Ramos também destacaram que houve maior nível de ocupação, menor grau de informalidade e maior patamar de rendimentos reais desde 2001.

    Leia tudo sobre: pnad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG