Renascer pede a fiéis doações para reconstruir templo

A Igreja Renascer em Cristo quer passar para os fiéis a conta da reconstrução do templo localizado no Cambuci, região central da capital paulista, que desabou em 18 de janeiro matando nove pessoas e deixando mais de 100 feridas.

Agência Estado |

Mesmo sem o aval da Prefeitura de São Paulo para reconstruir a sede internacional, a igreja lançou a campanha Projeto Neemias da Reconstrução, que tem como carro-chefe quatro carnês de contribuição mensal, cujas prestações variam de R$ 15 a mais de R$ 1 mil.

A campanha em nenhum momento menciona a necessidade de angariar recursos para o pagamento de indenizações às vítimas da tragédia.

Antes de começar a reconstrução, a Renascer deve elaborar um projeto e apresentá-lo à Secretaria de Obras. A assessoria de imprensa da igreja informou que o projeto está sendo elaborado, mas não há prazo para sua conclusão.

O Projeto Neemias - em alusão ao profeta que, de acordo com o Antigo Testamento, foi responsável pela reconstrução dos muros de Jerusalém - vem sendo veiculado no canal de televisão da igreja, a Rede Gospel, em site e em um vídeo de quase dez minutos disponível na internet.

Nele, o apóstolo Estevam Hernandes Filho, fundador da Renascer, conclama os fiéis a ajudar na reconstrução do templo por meio da aquisição de um dos carnês com 15 prestações cada, que podem ser encontrados em quatro modalidades: Bronze (de R$ 15 a R$ 100), Prata (R$ 100 a R$ 500), Ouro (R$ 500 a R$ 1 mil) e Diamante (acima de R$ 1 mil). Em troca, a Igreja promete colocar os nomes dos doadores em urnas correspondentes aos valores da doação e que ficarão expostas na nova sede.

Em inserções diárias na TV, Hernandes argumenta que a reconstrução do templo é uma convocação divina. "Deus desejou que nós construíssemos uma casa para ele. E vamos construir. É você que Ele está chamando", afirma. O líder recorda os "momentos de glória" do templo que desabou e o "salvamento de jovens " sem rumo nos cultos realizados no local. "Enxergamos o desabamento como um desafio", diz.
Hernandes usa passagens bíblicas para incentivar a contribuição e promete que Deus recompensará os doadores. "Você que tem uma empresa, você pode. Faça um carnê Diamante. Deus vai te despertar para a prosperidade. Faça o carnê em nome de Jesus. E a glória da segunda casa será maior do que a da primeira." Estevam e sua mulher, a bispa Sonia Hernandes, foram condenados nos Estados Unidos por contrabando e conspiração. Atualmente, estão em liberdade condicional e devem voltar ao Brasil em junho.

Frentes

O Projeto Neemias foi lançado em 7 de fevereiro, durante a Ceia de Oficiais, ministrada pelo apóstolo Hernandes no Ginásio do Ibirapuera. A assessoria de imprensa informou que a igreja não possui fundos para a reconstrução, cujo orçamento ainda não foi feito. A assessoria também não informou o número de adesões ao carnê, "embora elas superem as expectativas, o que para a igreja mostra não só a imensa solidariedade de todos como a importância do 'ninho'".

O projeto possui várias frentes de arrecadação. Amanhã, por exemplo, haverá um bazar no Espaço Renascer, em São Paulo, onde serão vendidos artigos esportivos, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e até carros a preços promocionais.

Leia mais sobre: Igreja Renascer

    Leia tudo sobre: igreja

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG