Renan: PMDB anuncia nomes para CPI até meia-noite

O PMDB ainda não definiu os nomes dos seus representantes na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada para investigar a Petrobras. O líder do partido na Casa, senador Renan Calheiros (AL), afirmou no começo da noite, após conversar com vários parlamentares do PMDB, que os nomes serão anunciados ainda hoje.

Agência Estado |

"Vamos usar o prazo até o último minuto. Teremos uma definição até meia-noite, que é o prazo regimental", declarou.

O senador disse que a discussão sobre a escolha do presidente e do relator da comissão começa amanhã. Em relação aos demais nomes, insistiu: "Não haverá atraso no calendário da CPI por causa do PMDB." Quanto à indicação do presidente e do relator da CPI, Calheiros disse que preferiria que houvesse um acordo. "Se for possível fazer acordo, é melhor."

Questionado se a oposição poderia ocupar a presidência da comissão, por exemplo, ele respondeu: "Acho que pode ser, desde que haja entendimento entre os partidos." A oposição, porém, já considera perdida a batalha pelo comando da CPI, tanto que, em retaliação à negativa do governo de conceder à oposição um cargo de comando na comissão, anunciou que o DEM e o PSDB entrarão em obstrução, hoje, contra a votação da Medida Provisória 452, que destina recursos ao Fundo Soberano do Brasil.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG