Relator da CPI dos Grampos quer novos esclarecimentos do diretor afastado da Abin

BRASÍLIA - O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Escutas Telefônicas Clandestinas da Câmara dos Deputados, Nelson Pellegrino (PT-BA), afirmou hoje (4) que pedirá ao diretor afastado da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Paulo Lacerda, que preste novos esclarecimentos à CPI.

Agência Brasil |

Não tenho convicção e vou analisar com toda atenção [as informações] e a minha idéia é enviar um ofício ao doutor Lacerda pedindo explicações complementares com relação às informações que ele prestou à CPI. Após a resposta desse ofício, vou formar convicção, disse Pellegrino.

Em depoimento à comissão, Lacerda afirmou que a participação da Abin na Operação Satiagraha, da Polícia Federal (PF), teria sido apenas informal e se limitado ao repasse de informações do seu banco de dados.

Leia mais sobre: Operação Satiagraha

    Leia tudo sobre: operação satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG