Relator da Comissão de Orçamento defende reajuste de vale-refeição para servidores

BRASÍLIA ¿ O relator da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, o deputado petista Geraldo Magela (DF), anunciou que, na reunião com o ministro do Planejamento nesta quarta-feira (21), irá apresentar o pedido de reajuste no vale-refeição dos servidores públicos federais.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

A proposta pode beneficiar os 540 mil funcionários em todo País, que recebem, atualmente, entre R$ 126 e R$ 161,99 por mês, variando conforme o Estado. Com o reajuste, eles passariam a receber de R$ 256 a R$ 330.

Segundo o parlamentar, o último reajuste desse benefício aos trabalhadores foi em 2004 e, apesar da decisão ficar nas mãos do Executivo, ele alega que o governo já tinha declarado o compromisso de promover os reajustes necessários às defasagens dos servidores.

O deputado propõe que a verba saia após uma reavaliação do governo sobre o quanto o Brasil deve crescer no ano. Vamos fazer um diálogo pois a Receita do Brasil está prevista em 4,5%, mas a previsão do presidente Lula é de que chegue a 5%, afirma.

Por outro lado, Magela defende que se diminua a meta de superávit primário e a redução de verbas para as emendas individuais e de bancada. Só neste ano, cerca de 40% das emendas estaduais de bancadas já foram cortadas, disse.

O deputado petista garantiu ainda que três áreas não terão seus orçamentos atingidos: reajuste de servidores, programas sociais e obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Leia mais sobre: Comissão Mista de Orçamento do Congresso

    Leia tudo sobre: tcuvale refeição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG