Reitor interino da UnB acata exigências de estudantes

O reitor pro tempore (temporário) da Universidade de Brasília (UnB), Roberto Aguiar, que assumiu o cargo ontem, recebeu hoje dos estudantes que ocupam o prédio da reitoria desde o dia 3, uma pauta de reivindicações e comprometeu-se a atendê-las. Não houve negociação para a desocupação do prédio, mas, ao fim do encontro, Aguiar afirmou que espera que o local esteja liberado nas próximas 48 horas.

Agência Estado |

"Como vou tomar decisões se não tenho onde trabalhar?", questionou.

Amanhã à tarde, os alunos fazem uma assembléia para avaliar o movimento e podem decidir pela saída. Entre os compromissos assumidos por ele, estão retirar a ordem de reintegração de posse do edifício e a multa imposta ao Diretório Central dos Estudantes (DCE), além de fazer novas eleições, paritárias. Também afirmou que nenhum processo judicial ou administrativo será movido contra os ocupantes da reitoria. "Não haverá perseguição. Eu fui perseguido pela ditadura e sei bem como é", afirmou.

Entre os itens da pauta dos estudantes, com a qual Aguiar assumiu compromisso, estão manutenção das promessas feitas pela administração anterior; cumprimento das aprovações do Conselho Universitário (Consuni); calendário de audiências públicas para debater paridade nos institutos e faculdades, e abertura das contas das fundações e da gestão anterior.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG