CURITIBA ¿ A reintegração de posse de um terreno no bairro de Fazendinha, em Curitiba, terminou em confronto entre policiais militares e moradores na manhã desta quinta-feira. O local, invadido por integrantes do Movimento dos Sem-Teto, é uma área de preservação ambiental e toda mata nativa foi destruída durante a ocupação. Três pessoas acabaram presas.

Acordo Ortográfico

Segundo informações da Secretaria Estadual de Segurança Pública do Paraná, cerca de 600 famílias invadiram o terreno, que pertence a uma  empresa do setor imobiliário. A ocupação irregular começou em setembro.

Na segunda-feira, ocorreu uma reunião entre o secretário de Segurança Pública, Luiz Fernando Dellazari, e 13 representantes da comunidade. No encontro, foi informado que policiais acompanhados de um oficial de justiça iriam ao local fazer a reintegração de posse.

Ao chegar no terreno na manhã desta quinta-feira, a maioria dos 1.500 ocupantes ja havia deixado o terreno. No entanto, um foco de resistência de 100 pessoas decidiu enfrentar 1.000 policiais militares, gerando um pequeno confronto.

A PM utilizou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes. Três pessoas acabaram detidas, sendo duas por porte ilegal de arma e uma por desacato.

A Secretaria de Segurança Pública informou que no momento a situação é tranquila no local. Os policiais acompanham os moradores que retiram móveis e outros objetos do local.

Leia mais sobre: reintegração de posse

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.