A cidade de Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre, tem pontos de cheias neste sábado, 19. Conforme a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, com as chuvas dos últimos dias o nível do Rio Guaíba subiu e desaguou nos afluentes, mas agora já está baixando.


Os números da Defesa Civil apontam 26 cidades em estado de emergência desde o último dia 12, quando começaram as chuvas. São 2.225 pessoas desabrigadas e outras 2.229 desalojadas.

Em Rio Grande, no sul do Estado, duas casas de uma ilha foram alagadas pela chuva. Na fronteira com o Uruguai, os moradores de Chuí se assustaram com rajadas de vento de até 100 quilômetros por hora, mas não havia registros de prejuízos até o final desta tarde. Em Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre, 100 famílias estão isoladas por alagamentos.

Agência Estado
A Ilha da Torotama é a região mais atingida pela chuva no Rio Grande do Sul. Na localidade de pescadores que fica a 40 quilômetros do centro de Rio Grande, no sul do Estado, muitas casas estão alagadas.
A Ilha da Torotama é a região mais atingida pela chuva no Rio Grande do Sul. Na localidade de pescadores que fica a 40 quilômetros do centro de Rio Grande, no sul do Estado, muitas casas estão alagadas.



Apesar dos novos transtornos, provocados por um ciclo extratropical que se formou na costa do Uruguai, o nível dos rios de todo o Estado continuaram baixando.

Leia também:


Leia mais sobre: chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.