Região central tem baixa umidade do ar e altas temperaturas

Inmet alerta para umidade relativa do ar em torno de 20% na região Centro-Oeste neste final de semana

Agência Brasil |

A região central do País tem registrado baixa umidade e temperaturas acima do comum para esta época do ano. No Centro-Norte, por exemplo, a umidade relativa do ar tem registrado, no máximo, 30%, o que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) caracteriza estado de atenção. E, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), em algumas áreas do Centro-Oeste, em parte do Sudeste e do Nordeste, a temperatura máxima está 5 graus Celsius acima da média para o mês de agosto.

De acordo com o Cptec, a baixa umidade é provocada por uma grande massa de ar seco que atua em áreas do Centro-Norte do País, principalmente no período da tarde. “O que nós temos no interior do Brasil é uma estação seca, típica dessa época do ano”, explica a meteorologista do Cptec, Priscila Farias. Segundo ela, deve voltar a chover nessa região só na segunda quinzena de outubro.

Devido o tempo seco, o Cptec registrou, por satélite, 473 focos de incêndio somente nesta quinta-feira. As áreas com maior número de focos estavam no Pará e em Mato Groso, com 179 e 113 focos, respectivamente.

Desta sexta-feira (12) até segunda-feira (15), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para umidade relativa do ar em torno de 20% na região Centro-Oeste, na maior parte do estado do Tocantins e parte do Estado de São Paulo. De acordo com o Inmet, a umidade está em torno de 30% ou até mesmo abaixo desse percentual em algumas áreas do Maranhão, da Bahia, do Piauí, de Rondônia, do Pará e de Minas Gerais.

    Leia tudo sobre: centro-oestebaixa umidadeoms

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG