Reforma ortográfica entra em vigor hoje

A partir de hoje o Grupo Estado adota a grafia da língua portuguesa determinada pelo Acordo Ortográfico aprovado em 1990 e assinado em setembro do ano passado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Embora haja um cronograma com tolerância de quatro anos, até dezembro de 2012, para aplicação do acordo, período em que as duas formas de escrever serão aceitas, o Jornal da Tarde , O Estado de S.

Agência Estado |

Paulo, Agência Estado e os portais do Grupo Estado já adotam as novas regras no primeiro dia em que passam a vigorar oficialmente.

Além do Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Macau (região administrativa especial da China que também fala o português) assinaram o acordo. O objetivo dos governos com as mudanças foi simplificar e uniformizar as grafias da língua portuguesa, ampliando a cooperação comercial e social entre os países.

“O fato de um grupo de comunicação como O Estado aplicar o acordo desde o primeiro dia é uma grande contribuição para a fixação e adoção das mudanças ortográficas”, disse o filólogo e acadêmico Evanildo Cavalcante Bechara, responsável na Academia Brasileira de Letras pela aplicação do acordo. “Os leitores terão uma memória visual das novas grafias e assim absorverão com naturalidade e rapidez as regras do Acordo Ortográfico”, observou. O acadêmico participa da organização do novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, a ser publicado pelo setor de lexicografia e lexicologia da ABL. O Brasil já passou por duas grandes reformas do tipo: em 1931 e 1971. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG