Reforma administrativa a passos lentos no Senado

A reforma administrativa do Senado, prometida como resposta aos inúmeros escândalos que tomaram conta do Congresso este ano, não tem prazo para ser concluída. A ideia da Fundação Getúlio Vargas (FGV), contratada para apoiar a Casa no processo, é que as medidas sejam aplicadas gradativamente num período de dois anos. Mas o primeiro secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), diz que não há previsão de quando as mudanças serão executadas.

Congresso em Foco |

Como não é a primeira vez que a Casa garante que vai mudar o jeito de cuidar da coisa pública, há desconfiança de que as dezenas de ideias, estudos e projetos feitos pela FGV jamais saiam do papel. Desde 1993, essa é a terceira oportunidade em que são apontados novos caminhos para o Senado ser mais eficiente e menos vulnerável à corrupção. Até agora, nenhuma medida foi aplicada.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: congresso em focoreforma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG