Refilmagens e produções 3D dominam filmes de terror em 2009

SÃO PAULO ¿ Hollywood parece ter acordado novamente para os filmes de horror. Após as ondas de sustos que varreram a indústria cinematográfica nos anos 1990, encabeçadas por Pânico e Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado e, recentemente, com o sucesso das cinesséries O Albergue e Jogos Mortais, os estúdios preparam um ano recheado de lançamentos do gênero para 2009.

Marco Tomazzoni |

Maquiagem de como será uma das criaturas no remake de "Hellraiser" / Reprodução

Dois fatores parecem ter norteado as aprovações dos executivos: projetos 3D e refilmagens das décadas de 1970 e 1980, era de ouro do terror na sétima arte. O segundo item não é nenhuma novidade no horizonte hollywoodiano, mas chama atenção o fato de grandes ícones do terror moderno estarem sendo "atualizados". O principal, e mais óbvio, é "Sexta-feira 13", em cartaz, não por acaso, a partir de hoje.

O filme reinicia a franquia protagonizada pelo maníaco Jason Voorhees, cuja sede de vingança rendeu 10 longas anteriores que, juntos, arrecadaram 590 milhões de dólares, a mais rentável série de horror da história dos Estados Unidos. O responsável por começar do zero a carnificina no acampamento Crystal Lake é o diretor alemão Marcus Nispel, que também refilmou "O Massacre da Serra Elétrica".

Ainda para este ano, estão previstas as estreias de "Halloween 2", continuação da refilmagem de 2007, novamente a cargo do roqueiro Rob Zombie, e "Hellraiser", uma dos mais aclamadas (e assustadoras) produções do pop moderno. A exemplo dos outros projetos, o filme não dá sequência a série, que teve oito episódios, mas reapresenta o cenobita Pinhead pelas mãos do diretor francês Pascal Laugier.

Guillermo Del Toro é "O Lobisomem" na superprodução de US$ 85 milhões / Divulgação

A "atualização" mais esperada, no entanto, é a de "O Lobisomem", remake do clássico de 1941. No lugar de Lon Chaney, entra o ganhador do Oscar Guillermo Del Toro para encarnar o aristrocrata inglês que caça o assassino de seu irmão e acaba com a maldição da lua cheia. O orçamento milionário ¿ estimado em US$ 85 milhões ¿ do diretor Joe Johnston ("Jumanji", "Jurassic Park III") atraiu nomes de peso ao elenco, como Anthony Hopkins, Hugo Weaving e Emily Blunt.

Peixe assassino de "Piranha 3D" / Reprodução

Como se essas refilmagens não bastassem, ainda estão na agenda "Piranha 3D", versão tridimensional dos peixes voadores assassinos, "Aniversário Macabro", baseado no original de Wes Craven, e "Sorority Row", inédito até hoje no Brasil.

Seguindo a moda 3D, estreia em breve nas telas brasileiras que adotaram essa tecnologia "Dia dos Namorados Macabro", remake do original de 1981. O público norte-americano parece ter engolido a propaganda do longa ¿ "Não há filme de namoro melhor do que uma jornada em 3D ao inferno" ¿ e lotaram as salas. O mesmo se espera de "Premonição 4 3D", que enfoca um novo grupo de jovens que dribla a morte, mas não por muito tempo.

Uma pitada de originalidade

Mesmo que 2009 seja dominado pela reciclagem de histórias, ainda vai sobrar espaço para roteiros originais. Um dos mais promissores é "Drag Me to Hell", retorno de Sam Raimi (trilogia "Homem-Aranha") ao horror, onde iniciou a carreira com a série "Evil Dead". A trama mescla comédia para contar como a funcionária de um banco (Alison Lohman) não concede empréstimo a uma velha bruxa e vira alvo de uma maldição.

Alison Lohmann enfrenta maldição em "Drag Me to Hell", de Sam Raimi / Divulgação

Seguindo a linha bem-humorada está "Jennifer's Body". Escrito por Diablo Cody ¿ a oscarizada roteirista de "Juno" ¿, o filme mostra a musa Megan Fox ("Transformers") como uma líder de torcida possuída que passa a matar todos os garotos da escola.

Três diretores consagrados também vão lançar seus novos trabalhos. O incansável George A. Romero, criador do gênero zumbi, volta à carga com "... of The Dead". O veterano Wes Craven escreve e dirige "25/8", sobre um serial killer que volta a sua cidade natal para perseguir sete crianças que nasceram no dia em que ele foi pretensamente morto. Por fim, o sul-coreano Chan-wook Park ("Oldboy") dá sua versão para as histórias de vampiro com "Thrist", colocando um religioso como sanguessuga principal.

Anna Paquin em "Trick 'r Treat"
Uma surpresa pode ser "Trick 'r Treat", longa dividido em episódios que enfocam as tradições do Halloween. A estreia do filme, com a participação de Anna Paquin e Brian Cox, vem sendo adiada desde 2007. Exibida com sucesso em festivais especializados, a produção primeiramente seria lançada direto em DVD, mas fãs tem feito campanha para ela chegue aos cinemas.

Foi mais o menos o que aconteceu com o primeiro "Jogos Mortais", em 2004. Planejado a princípio para o mercado doméstico, a pressão dos espectadores fez com que o filme chegasse aos cinemas e fizesse um sucesso estrondoso. Tanto que "Jogos Mortais VI" já está previsto para o segundo semestre deste ano, com a direção de Kevin Greutert, montador dos cinco longas anteriores.

Leia mais sobre: Sexta-feira 13 , terror

    Leia tudo sobre: sexta-feira 13terror

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG