O Dia em que a Terra Parou estreia nesta sexta - Brasil - iG" /

Refilmagem de clássico dos anos 50, O Dia em que a Terra Parou estreia nesta sexta

SÃO PAULO - Chega aos cinemas brasileiros nesta sexta-feira (09) o filme O Dia em que a Terra Parou. Estrelado por Keanu Reeves e Jennifer Connelly, o longa é uma refilmagem do clássico da ficção científica do mesmo nome dirigido por Robert Wise em 1951.

Redação |

No filme original, um alienígena vinha à Terra para dar um ultimato aos humanos: se a corrida armamentista não parasse imediatamente, o planeta seria destruído. Produzido no auge da Guerra Fria, o longa espelhava o maior medo do mundo na época: a possibilidade de uma guerra nuclear global.

Na refilmagem, o ultimato do alienígena Klaatu é por outro motivo: a possibilidade do homem, ao poluir o planeta, acabar com todas as formas de vida na Terra. Sai a guerra nuclear, entram o aquecimento global, o acúmulo de lixo e a extinção de outras espécies que não o homo sapiens. Nada mais adequado ao século 21.

Pena que, na comparação entre os dois filmes, o mais recente perca feio. O primeiro, afinal, é um dos maiores clássicos da ficção científica nos cinemas. Além de ser uma das primeiras produções a mostrar um alienígena não ameaçador (o oposto, por exemplo, dos mostrados em "Guerra dos Mundos"), é dirigido pelo grande Robert Wise ("West Side Story") e tem uma trilha marcante de Bernard Herrmann ("Psicose").

Mais de 50 anos depois, a ideia de um visitante de outro planeta preocupado com a possibilidade de os humanos destruírem a Terra já está batida. Some-se isso a cenas de ação fracas, atuações ruins de Keanu Reeves e Jennifer Connelly e um roteiro indeciso e o resultado é decepcionante.

Não por acaso, a refilmagem vem decepcionando na bilheteria nos Estados Unidos. Lançado no meio de dezembro, o longa até agora rendeu pouco menos de US$ 75 milhões. O resultado não cobre nem sequer os custos da produção da filme, estimados em aproximadamente US$ 80 milhões.

    Leia tudo sobre: cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG