O recruta fuzileiro naval Adonai Santos da Costa Júnior, de 19 anos, morreu ontem depois de apresentar um mal súbito ao participar de um treinamento físico no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa) na zona oeste do Rio. Ele chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Grande, mas morreu antes de ser atendido.

O Ciampa forma aproximadamente 1.200 soldados fuzileiros navais anualmente. Para ingressar no Curso de Formações de Soldados, os candidatos são submetidos à inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico. Foi instaurado Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar os fatos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.