Receita vai cruzar dados dos clientes de Tania Bulhões

A Receita Federal vai cruzar as informações dos clientes do Grupo Tania Bulhões com os dados que constam no Fisco. A intenção é conferir se a renda declarada pelos contribuintes é compatível com o valor dos objetos comprados nas lojas de luxo - o jogo de jantar de 72 peças, por exemplo, era vendido por quase R$ 32 mil na Tania Bulhões Home.

Agência Estado |

"A gente sempre acaba garimpando nessas operações pessoas que estão de alguma forma irregulares ", disse o auditor, Luiz Pires, que participou da Operação Porto Europa.

Segundo ele, a análise preliminar das informações dá indícios de irregularidades com alguns clientes. "Tem bastante dinheiro sobrando."

Pires esteve na loja Tania Bulhões Home onde foram apreendidos os documentos que, em tese, comprovaram a fraude de subfaturamento das mercadorias adquiridas no exterior. Além das apreensões no escritório, Pires também encontrou documentos escondidos num espaço destinado às instalações elétricas. "Havia uma porta com um adesivo de perigo. Lá dentro, junto à parte elétrica do ar-condicionado, encontramos mais documentos."

A Polícia Federal tem convocado os investigados para prestar depoimento. Daqui para frente, os agentes federais pretendem recolher mais informações que ajudem a esclarecer o funcionamento do suposto esquema e se há mais pessoas envolvidas.

    Leia tudo sobre: daslu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG