Receita Federal apreende mais de 40 toneladas de mercadorias no Porto do Rio

RIO DE JANEIRO - A Receita Federal do Brasil apreendeu, na Alfândega do Porto do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, cerca de 40 toneladas de jaquetas de origem chinesa procedentes do Uruguai, avaliadas em R$ 2,1 milhões, por falsa declaração de conteúdo. As mercadorias acondicionadas em três contêineres foram declaradas como trapos.

Redação |

O acompanhamento dos contêineres foi feito a partir de uma troca de informações entre as aduanas do Brasil e do Uruguai. As informações obtidas pelos servidores da Receita Federal do Rio Grande do Sul foram objeto de um alerta para diversas unidades aduaneiras no restante do território nacional. A partir desse alerta, a fiscalização da Alfândega do Porto do Rio monitorou as cargas e verificou que foram declaradas como trapos.

As mercadorias estavam em 1.754 volumes, todos contendo jaquetas avaliadas em cerca de R$ 2.1 milhões.  Além disso, descobriu-se também a presença de etiquetas nas peças, indicando que o importador era uma empresa diferente da consignatária, e que já havia sido declarada inapta pela Receita Federal.

    Leia tudo sobre: cargafalsificaçãoreceita federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG