Receita descobre droga em cartas enviadas pelo Correio

A Receita Federal apreendeu nos últimos dois dias quase oito quilos de cocaína distribuídos em cartas e mercadorias que estavam sendo enviadas para o exterior pelos Correios. A droga foi encontrada na triagem feita pela Receita no embarque de correspondências no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio.

Agência Estado |

Segundo o inspetor-chefe da Receita no aeroporto, Cleber Magalhães, os fiscais acharam a droga com a ajuda de cães em envelopes e objetos postados, como pôsteres, solas de sapato, suportes de camisas.

Essa modalidade alternativa de tráfico via postal vem aumentando nos últimos anos. Só em 2008, a Receita Federal do aeroporto apreendeu 57 quilos de cocaína em correspondências. "Quando é cocaína, o destino quase sempre é a Europa. Geralmente as cartas são para endereços fictícios e caixas postais", afirmou Magalhães. A Receita também tem apreendido drogas chegando ao Brasil em cartas no aeroporto do Rio, Geralmente são drogas sintéticas, como o Ecstasy.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG