Três assistentes sociais e um agente penitenciário são mantidos reféns, segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública

selo

Quatro presos não identificados morreram hoje de manhã durante rebelião, iniciada às 9 horas (horário local), na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus. Três assistentes sociais e um agente penitenciário são mantidos reféns, segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública.

De acordo com a assessoria, o Corpo de Bombeiros foi acionado para tentar controlar um incêndio, que teria sido causado pelos presos. Como a cadeia fica em uma avenida de trânsito intenso, a área e os arredores foram interditados ao público.

As negociações estão sendo feitas pelo comandante da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), Major Amadeu Soares, e pelo subsecretário estadual de Justiça, coronel Bernardo Encarnação.

Presos no pátio da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus
AE
Presos no pátio da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.