ícone da música - Brasil - iG" /

Realizadores do Grammy lembram Michael como um ícone da música

Los Angeles (EUA), 25 jun (EFE).- A Academia de Artes e Ciências da Gravação dos Estados Unidos (Naras, na sigla em inglês), responsável pelo prêmio Grammy, lembrou hoje, por meio de seu presidente, Neil Portnow, a versatilidade e o talento do cantor Michael Jackson, um verdadeiro ícone da música.

EFE |

"Poucas vezes o mundo recebeu um presente da magnitude de Michael Jackson", um homem da "arte, de talento e de visão", disse Portnow num comunicado.

O presidente da Naras afirmou ainda que "a voz inconfundível, os inovadores passos de dança" e a "impressionante versatilidade da música" de Michael, ganhador de 13 prêmios Grammy, o fizeram ser aclamado mundialmente.

"Ele foi um verdadeiro ícone da música", ressaltou.

A contribuição do cantor ao mundo da música "sempre será lembrada em nossos corações e em nossa memória", acrescentou Portnow.

O presidente da Naras demonstrou sua solidariedade à família do artista por este triste acontecimento e estendeu seus pêsames a "todos os amantes da música no mundo todo que choram esta grande perda".

Michael morreu aos 50 anos, em Los Angeles, após sofrer uma parada cardiorrespiratória e ser levado por paramédicos para o hospital da Universidade da Califórnia (UCLA). EFE elv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG