O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que ainda não está definido o reajuste para os benefícios do Bolsa Família. Ao ser lembrado que o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, deixou ontem escapar que o reajuste seria de 10%, Mantega negou.

"O secretário se equivocou. Ele misturou os canais", afirmou o ministro.

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, disse ontem que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará o anúncio do reajuste do Bolsa Família na sexta-feira em Belo Horizonte (MG). Aécio disse que o Bolsa Família é um instrumento importante de distribuição de renda e que ele espera que o governo federal tenha fontes de recursos para garantir esse reajuste sem prejuízo de outros programas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.