Raupp: candidatura de Garibaldi é unanimidade no PMDB

A bancada do PMDB no Senado decidiu se reunir amanhã à tarde para analisar a decisão do presidente do Senado, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), de se lançar candidato à reeleição. Garibaldi assumiu o cargo em dezembro do ano passado, quando o então presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), renunciou para não ser submetido a um processo de cassação de mandato por quebra de decoro parlamentar.

Agência Estado |

"Sou favorável. A bancada toda é favorável. É unanimidade", declarou líder do partido, senador Valdir Raupp (RO).

Segundo ele, todos os senadores da bancada acolheram positivamente a decisão de Garibaldi, apesar de haver dúvidas quanto à legalidade da pretensão do senador de disputar o mesmo cargo no mesmo período legislativo. Já o candidato do PT à presidência do Senado, senador Tião Viana (AC), disse que sua candidatura não foi afetada pela decisão de Garibaldi.

"Estou absolutamente tranqüilo. Acho que há ambiente para se construir uma candidatura única. O PMDB vai entender que eu posso representar, neste momento, o equilíbrio partidário da Casa", disse. A reunião do PMDB está marcada para as 15 horas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG