Rapper Lil Wayne é preso por posse de arma em NY

NOVA YORK (Reuters) - O rapper norte-americano Lil Wayne admitiu culpa nesta quinta-feira da acusação de posse de arma em um incidente de 2007 e foi sentenciado a um ano de prisão, disseram promotores em Nova York. Lil Wayne, de 27 anos, que ganhou o Grammy neste ano por melhor álbum de rap e cujo nome verdadeiro é Dwayne Carter, aceitou um acordo com promotores e será sentenciado à Suprema Corte do estado de Nova York em fevereiro.

Reuters |

Promotores disseram que uma arma foi encontrada no ônibus da turnê do cantor em julho de 2007. O rapper Ja Rule também foi preso sob acusações similares depois de um show de hip hop em Nova York, no qual ambos participaram.

Ja Rule, cujo nome verdadeiro é Jeffrey Atkins, alegou inocência e ainda não saiu uma data de seu julgamento.

Lil Wayne enfrentaria uma acusação mais grave de posse de arma se o caso fosse a julgamento, e poderia ser condenado a até 15 anos de prisão.

O seu álbum, "Tha Carter III", foi o que mais vendeu no ano passado, e lhe rendeu quatro prêmios no Grammy deste ano.

(Reportagem de Edith Honan)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG