De férias no Guarujá, na Baixada Santista, a auxiliar de enfermagem Lilian Souza de Oliveira Crochi, de 29 anos, foi mantida como refém por mais de três horas por um homem armado, na tarde de hoje (01), na Praia da Enseada. Segundo a Polícia Militar, depois de negociar com soldados da Força Tática, o criminoso, identificado como Jonathan, atirou contra a própria cabeça no momento em que a equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), vinda de São Paulo, se aproximava do local da ação.

Ele morreu pouco depois.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.