Mais de 4 mil motoristas foram multados - indevidamente - no sentido interior do km 52 da Castelo Branco, em São Paulo. Nenhum deles vai precisar recorrer.

A autuação foi automaticamente cancelada. O problema foi causado por uma falha no radar. Entre os dias 19 e 20 de outubro, o aparelho estava programado para registrar veículos que estivessem a mais de 60 km/h. No entanto, o limite máximo permitido no ponto é de 120 km/h.

O Departamento de Estradas de Rodagem de São Paulo (DER-SP), responsável pelos radares da Castelo Branco, reconheceu o erro e informou que, até a próxima semana, vai enviar um comunicado oficial informando os motoristas que receberam a multa sobre o cancelamento da infração. Quem pagou, terá o dinheiro devolvido. As informações são do Jornal da Tarde .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.