Mais de 130 pessoas morreram no Estado." / Vovó, vai primeiro e tira a gente daqui , disse menina antes de morrer - Brasil - iG" / Mais de 130 pessoas morreram no Estado." /

Vovó, vai primeiro e tira a gente daqui , disse menina antes de morrer

¿Vovó, vai primeiro e depois tira a gente daqui¿. Assim foi a despedida da menina Maíra, a mais velha das três netas de Marinéia Brito, a dona Doca. Avó e netas despencaram junto com o quarto onde dormiam no morro do Beltrão, no bairro de Santa Rosa, em Niterói. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/04/07/sobe+para+100+o+total+de+mortos+por+causa+da+chuva+no+rio+9450396.htmlMais de 130 pessoas morreram no Estado.

Sabrina Lorenzi, iG Rio de Janeiro |


Arte iG


Elas gostavam de dormir comigo e foram para o meu quarto. Se eu soubesse que justamente ele desabaria, não tinha deixado. Elas dormiriam no quarto delas e isso não teria acontecido, contou dona Doca antes de chorar.

AE
Casa é destruída após chuvas que atingiram morro do Beltrão, em Niterói

O acidente aconteceu por volta de duas horas de terça-feira durante o temporal que ainda castiga Niterói. As irmãs Maíra de dez anos, Maísa de oito e Maiara de apenas cinco anos, além de dona Doca, gritaram por socorro, mas a lama e os entulhos abafaram suas vozes.

AE
Bombeiros trabalham em
busca de corpos em Niterói
Depois de três horas pedindo ajuda em vão, dona Doca conseguiu soltar uma das mãos do barro que a envolvia e foi ouvida por moradores que tentavam encontrar sobreviventes. Ela foi resgatada e levada para o hospital, mas suas netas, que estavam mais abaixo dela, ainda vivas, não resistiram à demora do resgate. Eu consegui tirar a lama da cabeça e eles me ouviram, me tiraram. E minha netinha disse: Vovó, vai primeiro e depois tira a gente daqui.

Os pais das meninas estavam viajando com os outros dois filhos. Pai, mãe, os cinco filhos e a avó moravam na mesma casa. O quarto foi o único cômodo da casa que desabou. Dona Doca concedeu a entrevista enquanto era amparada por moradores voluntários na creche comunitária Cristo Vive, que fica próxima ao local do acidente.

Os moradores estão recebendo donativos no local pelo telefone (21) 2705-5434. As doações estão sendo distribuídas ainda nas comunidades da Grota e Viradouro, também afetadas pelas chuvas. Segundo o prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, 30 pontos da cidade sofreram desabamentos e deslizamentos de terra.

Dramas e relatos

    Leia tudo sobre: chuvasrio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG