Voluntária Sexual é o vencedor da 33ª Mostra de Cinema de São Paulo - Brasil - iG" /

Voluntária Sexual é o vencedor da 33ª Mostra de Cinema de São Paulo

SÃO PAULO ¿ O filme sul-coreano Voluntária Sexual, de Kyong-duk Cho, foi escolhido o melhor filme de ficção da 33ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Sob chuva, mas com o público protegido com capas distribuídas durante a cerimônia de encerramento do festival, o anúncio do resultado ocorreu na noite desta quinta-feira (05), na Cinemateca Brasileira. Também foram premiados o diretor alemão Andreas Arnstedt, por Os Dispensáveis, e o ator Andrè Hennicke, que atua no mesmo filme. O Inferno de Clouzot, de Serge Bromberg e Ruxandra Medrea, recebeu o Troféu Bandeira Paulista de melhor documentário.

Redação |

Divulgação

Filme sul-coreano "Voluntária Sexual" é o segundo trabalho do diretor Kyong-duk Cho

O júri oficial responsável pela escolha foi formado pelo cineasta turco Ali Özgentürk ("A Peça da Discórdia"), o sérvio Goran Paskaljevic ("Luas-de-mel"), o diretor ítalo-chileno Marco Bechis ("Terra Vermelha") e a brasileira Suzana Amaral ("Hotel Atlântico"), todos com filmes na programação deste ano. O crítico francês Jean-Michel Frodon, ex-diretor da revista Cahiers du Cinema, completava o grupo.

Na eleição feita pelo público, o prêmio de melhor filme estrangeiro ficou divido entre "Abraços Partidos", de Pedro Almodóvar, e "O Último Dançarino de Mao", de Bruce Beresford. Entre as produções brasileiras, o preferido é "Carmo", de Murilo Pasta. Já a crítica escolheu um filme iraniano, "Ninguém sabe dos Gatos Persas", de Bahman Ghobadi, como melhor filme internacional, e entre os longas brasileiros, "O Sol do Meio-dia", de Eliane Caffé.

Os filmes concorrentes aos prêmios eram todos de cineastas que assinam seu primeiro ou segundo trabalhos, único pré-requisito para a competição. Após os primeiros sete dias da Mostra, os 12 longas mais votados pelo público formaram os finalistas que foram avaliados pelos jurados.

Este também foi o primeiro ano em que a Mostra de São Paulo sediou o Prêmio Itamaraty para o Cinema Brasileiro. Itinerante, a premiação criada pelo Ministério das Relações Exteriores concedeu prêmios em dinheiro ao melhor longa-metragem de ficção (R$ 45 mil), melhor documentário (R$ 30 mil) e melhor curta-metragem (R$ 10 mil).

A cerimônia de encerramento da Mostra contou ainda com a exibição do israelense "Lebanon", de Samuel Maoz, grande vencedor o Festival de Veneza 2009. O filme é o principal destaque da programação da repescagem, que começa nesta sexta-feira (06) e se estende até o dia 11. Confira a lista completa .

Veja a lista dos premiados da noite:

Prêmio do júri - ficção
Melhor Filme: "Voluntária Sexual" (Coréia do Sul), de Cho Kyeong-Duk
Melhor Diretor: Andreas Arnstedt, por "Os Dispensáveis" (Alemanha)
Melhor Ator: Andrè Hennicke, de "Os Dispensáveis" (Alemanha)

Prêmio do júri - documentário
Melhor Filme: "O Inferno de Clouzot" (França), de Serge Bromberg e Ruxandra Medrea
Menção Honrosa: "O Abraço Corporativo", (Brasil), de Ricardo Kauffman

Prêmios da crítica
Melhor Longa-Metragem Estrangeiro: "Ninguém Sabe dos Gatos Persas", (Irã), de Bahman Ghobadi
Melhor Longa-Metragem Brasileiro: "O Sol do Meio-Dia", de Eliane Caffé

Prêmios do público
Melhor Longa-Metragem Brasileiro: "Carmo", de Murilo Pasta
Melhor Longa-Metragem Estrangeiro: "Abraços Partidos" (Espanha), de Pedro Almodóvar e "O Último Dançarino de Mao" (Austrália), de Bruce Beresford
Melhor Documentário em Longa-Metragem Brasileiro: "Dzi Croquettes", de Tatiana Issa e Raphael Alvarez
Melhor Documentário em Longa-Metragem Estrangeiro: "Tom Zé - Astronauta Libertado" (Espanha), de Ígor Iglesias Gonzáles
Prêmio da Juventude: "Saída a Nado" (Suécia), de Måns Herngren

Prêmio Itamaraty
Melhor Longa-Metragem de Ficção: "Antes que o Mundo Acabe", de Ana Luiza Azevedo
Melhor Documentário em Longa-Metragem: "Dzi Croquettes", de Tatiana Issa e Raphael Alvarez
Melhor Curta-Metragem: "Insone", de Marília Scharlach e Marina Magalhães
Prêmio Especial - Homenagem pelo Conjunto da Obra: Paulo César Saraceni

Prêmio Aquisição Canal Brasil
Melhor Curta-Metragem: "O Príncipe Encantado", de Sérgio Machado e Fátima Toledo

Leia mais sobre: Mostra de São Paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG