Vida normal, nunca mais , afirma Ana Carolina de Oliveira - Brasil - iG" /

Vida normal, nunca mais , afirma Ana Carolina de Oliveira

SÃO PAULO - A uma semana da morte de Isabella Nardoni completar um ano, sua mãe, Ana Carolina de Oliveira, deu uma entrevista ao programa Fantástico neste domingo. Ana Carolina disse que sua vida nunca mais será normal, mas contou como tem superado os momentos mais difíceis a disse que ainda quer ter outro filho.

Redação |

Reprodução
Isabella ao lado da mãe
Ao ser perguntada como faz para suportar a dor, a mãe de Isabella disse, chorando, como age para seguir em frente. "Tem muitos dias que acho que não vou aguentar. Aí peço a Deus para me dar força para viver. Eu respiro fundo, rezo e falo: 'vamos, um passo de cada vez, vamos que a gente vai conseguir'".

A mãe de Isabella afirmou que apesar de tentar retomar sua vida, ela nunca será a mesma. Vida normal, nunca mais. Tenho me dedicado bastante ao trabalho. É um tempo que me distraio. Encontro com meus amigos, saio, mas depois volto para casa. Ainda quero muito ter um outro filho. Quero poder amar um filho como amei minha filha. Mas não é um plano para agora.

Ana Carolina também falou das lembranças que tem de Isabella e sobre os momentos de recaída que tem ao se lembrar dela. Tenho as imagens dela nítidas. Do dia no prédio, no hospital, no enterro. Me lembro de tudo. É muito triste enterrar uma filha, sem poder pegar e sem poder fazer nada afirmou. Minha recaída foi no Ano Novo, quando já tinha passado muito tempo. O ano novo viria ela não viria mais. Vi que os anos iam passar e ela não voltaria.

Sobre o pai e a madrasta de Isabella, Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, presos há 11 meses e indiciados pela morte da menina, Ana Carolina preferiu não comentar, mas afirmou que acompanha o andamento do processo e que estará no julgamento. Minha advogada está sempre em contato e me informa sobre tudo o que está acontecendo. Eu pretendo estar no julgamento. Eu acompanhei tudo e no momento final também vou estar lá".

Ana Carolina disse que a imagem que guarda de Isabella foi a última conversa que as duas tiveram. "Ela disse: 'Mamãe, eu te amo muito, muito, muito'. Eu lembro bastante da voz dela. Acho que foi uma mensagem muito bonita para ser a última".

Julgamento

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) vai julgar nesta terça-feira o recurso impetrado pelos advogados de defesa de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá. O recurso busca anular a sentença de pronúncia proferida pelo juiz Mauricio Fossen, da 2ª Vara do Júri da capital, que leva a júri popular Alexandre Nardoni e Anna Jatobá.

O casal é acusado de matar a filha de Alexandre, Isabella Nardoni, em 29 de março de 2008. A Turma Julgadora deste recurso é integrada pelo relator, desembargador Luis Soares de Mello, desembargador Euvaldo Chaib, 2º juiz, e desembargador Salles Abreu, 3º juiz.

Leia mais sobre: Isabella Nardoni

    Leia tudo sobre: isabella nardoni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG