Por Bob Tourtellotte LOS ANGELES (Reuters) - O filme This Is It de Michael Jackson foi mostrado para uma plateia recheada de estrelas, incluindo Will Smith, Jennifer Lopez e quatro dos irmãos do cantor na terça-feira, ganhando elogios da crítica e mostrando aos fãs que o Rei do Pop ainda podia entreter.

Feito a partir de 80 horas de imagens gravadas dos últimos dias de ensaios para a turnê que Jackson faria em Londres em julho, o filme foi chamado de "uma história de um mestre em sua arte" pelo diretor Kenny Ortega.

Várias centenas de fãs, muitos com uma única luva brilhante como a usada pelo popstar na década de 1980, reuniram-se para a première de Los Angeles e Londres. Cerca de 150 mil pessoas, incluindo gente do Brasil e da Austrália, assistiram ao evento de Los Angeles ao vivo na Internet.

Houve pré-estreias ainda em outras 15 cidades, incluindo Seul, Johannesburgo, Rio de Janeiro e Berlim.

O fundador da Motown Records, Berry Gordy, e os irmãos de Michael Jackson, Jermaine, Tito, Jackie e Marlon, estavam entre os que prestaram homenagens ao cantor, que morreu repentinamente em junho.

Ortega abriu a pré-estreia em Los Angeles descrevendo Jackson como "um homem cujo coração batia para fazer desse mundo um lugar melhor. 'This Is It' de Michael Jackson é e sempre foi para os fãs."

O filme começa com cantores e dançarinos que Jackson selecionou para a turnê falando sobre como se sentiam trabalhando com o superstar, então mergulha direto no sucesso "Wanna Be Startin' Somethin."

O que se segue são perto de duas horas dos ensaios de Jackson para mostrar seus maiores hits para o show "This Is It." O show teria danças para músicas como "Beat It", "Black or White" e "Man in the Mirror," e uma nova versão filmada para "Thriller."

Por todo o filme os espectadores podem ver Jackson trabalhando com seus músicos e dançarinos para criar um show que iria surpreender os fãs, e a plateia na pré-estreia parecia impressionada, aplaudindo o filme durante pelo menos sete vezes.

Michael Jackson, que cresceu como uma das lendas do Motown, o grupo The Jackson 5, e cujo álbum "Thriller" de 1982 foi o que mais vendeu de todos os tempos, morreu em 25 de junho em Los Angeles depois de sofrer uma parada cardíaca. Ele tinha 50 anos.

(Reportagem adicional de Mike Collet-White em Londres)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.