Paris, 27 fev (EFE).- Séraphine, dirigido pelo cineasta Martin Provost, foi o grande vencedor do prêmio César, considerado o Oscar do cinema francês, ao receber a estatueta de Melhor Filme.

Para ficar receber o principal prêmio do cinema francês, "Séraphine" teve de vencer os concorrentes "Entre os Muros da Escola", de Laurent Cantet; "Um Conto de Natal", de Arnaud Desplechin; "Il y a Longtemps que Je T'Aime", de Philippe Claudel; "Mesrine", de Jean François Richet; "Paris", de Cédric Klapish, e "Le Premier Jour du Reste de ta Vie", de Rémi Bezançon. EFE jaf-inmg/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.