Roma deve virar filme em breve Por Ricardo Bairos Nova York (AE) - (5.mar) Fãs de Roma ganharam uma surpresa esta semana.

Será produzido em breve filme baseado no seriado de TV que foi ao ar entre 2005 e 2007. O projeto é do criador do show, Bruno Heller, em parceria com a Morning Light Productions. Kevin McKidd (Lucius Vorenus) e Ray Stevenson (Titus Pullo) estão próximos de assinar o contrato para trabalhar na fita.

A história será passada na Alemanha, quatro anos depois do final da trama na TV. Não se sabe se o filme será exibido no canal de TV a cabo HBO ou nos cinemas. A história do programa é passada na Roma Antiga, da invasão de César à Gália à ascensão do primeiro imperador Augusto. (Planet Pop)

LIVRO ALEGA QUE JAGGER TEVE AFFAIR COM JOLIE
(5.mar) Mick Jagger teve um caso com Angelina Jolie enquanto ainda estava casado com a ex-modelo Jerry Hall, de acordo com um novo livro. Em "Angelina Jolie: The True Story", a biógrafa Jenny Paul alega que o cantor do Rolling Stones começou a ter um affair com a atriz quando ela fez o papel de uma stripper no vídeo do single "Anybody Seen My Baby", de 1997.

O cantor ainda estava com Hall, com quem subiu ao altar em 1990. O casamento deles foi anulado em 1999. Segundo a autora, eles retomaram o romance rapidamente em 2003. O músico e a atriz não comentaram os rumores. (Planet Pop)

LADY GAGA GANHA TRÊS PRÊMIOS DO POP ALEMÃO
(5.mar) Lady Gaga tomou conta dos Echo Awards (os Grammys alemães) na noite de quinta-feira. A cantora nova-iorquina ganhou três dos principais prêmios da cerimônia: melhor revelação, melhor artista feminina internacional de rock ou pop e hit do ano ("Poker Face"). A popstar não foi ao evento para pegar os prêmios, no entanto.

Outros vencedores dos Echos foram Depeche Mode (melhor grupo internacional de rock ou pop) e Robbie Williams (melhor artista masculino internacional de rock ou pop). Entre os alemães, os prêmios foram para a banda de rock Silbermond e os artistas de hip hop e reggae, respectivamente, Jan Delay e Peter Fox. A cerimônia teve shows de nomes como Rihanna, Ke$ha e Sade. (Planet Pop)

OSCAR NÃO GARANTE AUMENTO DE BILHETERIA A CANDIDATOS
(5.mar) Uma indicação ao Oscar não é mais a garantia de uma bilheteria excelente. Vários indicados ao prêmio principal do cinema, inclusive à categoria de melhor filme, têm conseguido bilheterias medíocres no mercado mundial. No ano passado, "Quem Quer Ser Um Milionário?" conseguiu aumentar e muito seu faturamento com a corrida ao Oscar.

Apesar de todo o hype e de ser um dos favoritos ao prêmio principal, "Guerra ao Terror" está em cartaz em apenas 100 salas de cinema na América do Norte, com um faturamento na casa dos US$ 13 milhões. "Coração Louco" conseguiu faturar US$ 25 milhões até agora. "Preciosa" chegou à bilheteria saudável de US$ 47 milhões, mas apenas US$ 1,7 milhão teve a ver com a indicação ao Oscar. (Planet Pop)

"ALICE" DEVE FATURAR US$ 71 MILHÕES NAS BILHETERIAS
(5.mar) O primeiro filme em 3-D a chegar aos cinemas depois do sucesso de
"Avatar" deve faturar alto este fim de semana nos cinemas da América do Norte. As previsões de Hollywood são de que "Alice no País das Maravilhas", de Tim Burton, deve arrecadar cerca de US$ 71 milhões em seu fim de semana de estreia.

A produção não teve críticas muito positivas, no entanto. Sua transformação de 2-D para 3-D (em vez do processo mais avançado de ser filmado em 3-D, como "Avatar") também foi criticada na mídia. O filme tem em seu elenco Johnny Depp como o Chapeleiro Maluco. O diretor e o ator trabalharam juntos pela última vez em "A Fantástica Fábrica de Chocolate", de 2005. (Planet Pop)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.