Quando o jogador é muito bom, dá para duplicar , afirma Serra ao divergir de Lula - Brasil - iG" /

Quando o jogador é muito bom, dá para duplicar , afirma Serra ao divergir de Lula

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, José Serra, provável candidato do PSDB à Presidência da República, divergiu nesta segunda-feira do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e disse que é possível escalar dois craques do mesmo time. Podem, quando o jogador é muito bom, dá para duplicar. Encontra-se um jeito de se arrumar no campo, afirmou Serra a jornalistas quando perguntado se esse arranjo é possível.

Reuters |

Questionado se a hipótese pode ser aplicada à política, ele foi evasivo. "Vamos pensar a este respeito", disse, descartando que estivesse se referindo a uma chapa encabeçada por ele e tendo como vice o governador Aécio Neves, como quer a cúpula do PSDB.

Na semana passada, Aécio desistiu de concorrer à pré-candidatura à Presidência.

Pela manhã, durante café com jornalistas, o presidente Lula disse que não apostava que o PSDB conseguisse juntar numa mesma chapa Serra e Aécio e usou uma metáfora futebolística, comparando a escalação dos dois tucanos com a dos jogadores Garrincha e Tostão.

Serra também não quis comentar os resultados da pesquisa de intenção de voto do Datafolha, divulgada no domingo, em que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), sua principal concorrente, reduziu para 14 pontos a diferença para o tucano. Serra lidera com 37%, enquanto Dilma aparece com 23%.

Leia mais sobre: Serra

    Leia tudo sobre: aécio neveslulaserra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG