Parecia que avião estava caindo , diz passageira após turbulência - Brasil - iG" /

Parecia que avião estava caindo , diz passageira após turbulência

MIAMI - Um avião da Continental Airlines enfrentou forte turbulência durante a rota do Rio de Janeiro para Houston nesta segunda-feira e foi desviado para Miami, com 28 passageiros feridos. Segundo afirmou ao Miami Herold Carolina Portella, de 18 anos, que estava no voo, parecia que o avião estava caindo.

Redação com agências |

AP

Aeronave da empresa Continental Airlines que passou por turbulência

O Boeing 767-200 que operava o voo 128 da Continental tinha 168 passageiros e 11 tripulantes a bordo e pousou às 5h35 do horário de Miami (7h35 de Brasília), informou a Continental em comunicado. O avião decolou do Rio na noite de domingo e tinha chegada prevista em Houston às 6h (horário local) desta segunda-feira.

"A aeronave estava a uma hora de Miami quando passou pela área de turbulência. Os sinais de apertar cintos estavam acionados", acrescentou a empresa, em nota.

Carolina conta ainda que os movimentos foram tão bruscos que "não houve tempo para reação". "Segurei na mão da pessoa que estava ao meu lado e assim permaneci", disse a jovem. "Foi muito assustador".

Segundo relatos colhidos pela agência de notícias Associated Press (AP), no momento da turbulência, os comissários de bordo foram jogados contra o teto do avião e passageiros que não estavam com o cinto preso bateram contra o espaço para bagagens. Uma mulher teria ficado com a cabeça presa no compartimento.

"De repente, havia pessoas escapando dos assentos, gritando e clamando por ajuda e crianças chorando", disse Diego Saavedra, de 13 anos, que tinha o nariz protegido por um curativo. 

Segundo a Continental e os serviços médicos do Aeroporto Internacional de Miami, aproximadamente 28 passageiros receberem atendimento médico no local, dos quais 14 foram transferidos a hospitais para um melhor tratamento.

Um porta-voz do Corpo de Bombeiros de Miami disse que, entre os feridos, quatro estavam em estado grave. "Pode ser grave por ferimentos causados diretamente por traumas ou condição médica grave devido ao susto", afirmou o porta-voz Elkin Sierra.

AP

Foto da brasileira Camila Machado, que estava no voo

Os demais passageiros foram encaminhados para Houston em outro voo nesta segunda-feira, disse o porta-voz do aeroporto de Miami Marc Henderson.

A companhia aérea Continental Airlines disponibilizou um telefone exclusivo para as famílias dos passageiros que estavam no voo 128. Para residentes no Brasil, o número é o 0800 891 5257 e, para quem mora nos Estados Unidos, o telefone é o 00 XX 1 713 324 5080.

Um avião da Air France que decolou do Rio de Janeiro em 31 de maio com destino a Paris caiu no oceano Atlântico após também enfrentar turbulência. Na ocasião, todas as 228 pessoas a bordo morreram.

(*com informações das agências Reuters e Brasil)

Assista ao vídeo sobre o caso: 

Leia mais sobre: turbulência

    Leia tudo sobre: acidente aéreoaviãovôo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG