BRASÍLIA - O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse nesta quinta-feira que o Senado, que mais parecia um ringue com as brigas entre aliados e adversários do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), agora está mais ¿paz e amor¿, parecendo um ¿quarto de motel¿.


O parlamentar disse desconhecer qualquer acordão para amenizar o clima no Congresso e absolver Sarney e o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), de processos no Conselho de Ética. Para ele, a falta de credibilidade do Senado leva à ideia de um acordão.

Agência Senado
Cristovam discursa na sessão desta quinta-feira
Cristovam discursa na sessão desta quinta-feira

Ficou esse clima paz e amor. A sensação é que o que era ringue virou quarto de motel. A falta de credibilidade do Senado leva a isso.
Acalma um pouco e todos pensam em acordão, até os senadores ficam com a pulga atrás da orelha. Se existiu acordão eu não sei, mas a oposição do PSDB me garantiu que não existiu, disse.

Leia também:


Leia mais sobre: crise no Senado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.