Necessidade de fiscalização foi motivo de visita às obras do São Francisco, diz Lula - Brasil - iG" /

Necessidade de fiscalização foi motivo de visita às obras do São Francisco, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira que é por necessidade de reconhecimento e fiscalização que está visitando as obras de transposição do Rio São Francisco.

Redação com Agência Estado |

  • Entenda o projeto de transposição do Rio São Francisco
  • Falta de luz surpreende Lula e Dilma no São Francisco
  • Polêmica sobre transposição é 'desnecessária', diz Lula
  • Não há obra do PAC parada por falta de dinheiro, afirma Lula

    AE
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (c), aciona o dispositivo para implosão de rochas no canal das obras da transposição das águas do Rio São Francisco, no acampamento do Lote 11 no município de Custodia, em Pernambuco

    Lula aciona dispositivo para implosão de rochas

    A declaração é parte da entrevista que o presidente deu a emissoras de rádio em um acampamento no município pernambucano de Sertânia e foi divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência.

    Lula está na região em companhia de dois potenciais pré-candidatos à sua sucessão - a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o deputado Ciro Gomes (PSB) - e do ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima.

    "Esta visita nossa faz parte de uma fiscalização que o governo tem de ter", disse Lula. "Desde pequeno, a gente apreende que o porco engorda com os olhos do dono, porque, se o dono não estiver olhando, ele morre de magro. Essas obras são de tamanha importância para o Brasil que essa visita de fiscalização que estamos fazendo, de reconhecimento da obra, é uma necessidade. O Geddel tem feito isso sistematicamente. Eu é a primeira vez. A Dilma é a segunda viagem. E daqui para frente temos de fiscalizar ainda mais, porque temos que inaugurar uma parte da obra ainda em 2010."

    Maratona de visitas

    Lula iniciou na quarta-feira uma maratona de visitas às obras de transposição do São Francisco. A visita continua nesta quinta-feira. Pela manhã, o presidente deu entrevista a rádios da região e assistiu a uma apresentação de técnicos do Ministério da Integração Nacional sobre o projeto de transposição do São Francisco.

    À tarde, o presidente estará em canteiros de obras nos municípios pernambucanos de Floresta e Cabrobó, onde passará a segunda noite da viagem. O retorno a Brasília está previsto para sexta-feira.

    Obras

    As obras de transposição das águas do Rio São Francisco consumiram até agora cerca de R$ 1 bilhão. O projeto total está orçado em R$ 6,9 bilhões. Lula pretende entregar ao final do seu mandato, em dezembro do próximo ano, 220 quilômetros de canais - cerca de 30% dos 722 quilômetros previstos nas obras.

    Atualmente o projeto emprega 8.500 pessoas nos Estados da Bahia, de Pernambuco e da Paraíba. O consórcio de empreiteiras das obras recebe cerca de R$ 100 milhões por mês de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    Leia também:

  • Para Lula, Dilma e Ciro têm vocação para 'carreira solo'
  • Disputa eleitoral marca roteiro de Lula no São Francisco
  • População de município desconhece trabalho de revitalização do rio
  • Dilma depõe sobre escândalo do mensalão dia 20
  • PAC executa metade do previsto entre 2007 e 2009

    Leia mais sobre transposição do São Francisco

    • Leia tudo sobre: lulaobrassão franciscotransposição

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG