BRASÍLIA (Reuters) - A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pré-candidata do PT à sucessão presidencial, evitou comemorar nesta terça-feira sua alta na pesquisa CNT/Sensus. É uma pesquisa. Na vida a gente não sobe de salto alto, disse Dilma ao deixar o Congresso, onde participou da abertura do ano legislativo.

"Feliz eu não fiquei também", acrescentou.

A pesquisa CNT/Sensus apontou na segunda-feira pela primeira vez empate técnico entre ela e o governador José Serra (PSDB-SP), seu potencial adversário.

O levantamento apontou que Serra lidera a disputa com 33,2 por cento dos votos e a chefe da Casa Civil fica em segundo lugar, com 27,8 por cento. Com a margem de erro de três pontos percentuais, os índices se aproximam.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.