Não há indício de crime , diz polícia sobre morte de criança em Minas Gerais - Brasil - iG" /

Não há indício de crime , diz polícia sobre morte de criança em Minas Gerais

BELO HORIZONTE ¿ A polícia mineira informou, através de sua assessoria de imprensa, que ¿não há indício de crime¿ no caso da queda do menino João Pedro, de 2 anos e 8 meses, que morreu ao cair da janela de um apartamento na zona oeste de Belo Horizonte. Na madrugada desta sexta-feira, Verônica Souza, a tia de 23 anos de João, foi ouvida e liberada pelos policiais.

Redação |

O menino morava com Verônica há cerca de 15 dias e a tia estava acompanhada de uma amiga no momento em que aconteceu o que a polícia registrou como acidente.

De acordo com o depoimento a polícia, Verônica e sua amiga saíram do apartamento para fumar no hall dos elevadores e esqueceram a janela aberta. Ao voltarem, notaram a ausência do menino e só o encontraram caído no chão, ao lado de uma loja. A polícia estima que a queda foi de uma altura de 20 metros. O menino foi socorrido, mas chegou ao hospital já morto.

Um inquérito sobre o caso foi aberto e as circunstâncias devem ser apuradas, já que os policiais encontraram o apartamento revirado quando entraram no imóvel.

Leia mais sobre: morte

    Leia tudo sobre: mortemorte de bebêsmortes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG