Estão tentando me desmoralizar , diz Juca Ferreira - Brasil - iG" /

Estão tentando me desmoralizar , diz Juca Ferreira

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, disse ao iG nesta sexta-feira, que a cúpula do PV está tentando desmoralizá-lo. Juca pediu suspensão de sua filiação ao PV durante um ano. O presidente nacional do partido, José Luiz Penna, e o coordenador geral da campanha de Marina Silva à Presidência da República, Alfredo Sirkis, acusaram o ministro de ter se afastado apenas para apoiar a candidata do PT, Dilma Rousseff.

Andréia Sadi, iG Brasília |

Estão tentando me desmoralizar, não vou entrar neste bate-boca. Faz tempo que eu tenho divergências com o partido. Infelizmente o PV perdeu o rumo com suas alianças apontando para a direita", afirmou.

"Nós somos conservadores? Quem está aliado ao PMDB, ao Jader Barbalho (deputado do PMDB do Pará), ao Renan Calheiros (senador do PMDB de Alagoas) e aos mais notórios conservadores do País é o PT, não o PV", rebateu Sirkis, referindo-se à pré-aliança entre petistas e peemedebistas.

José Luiz Penna, por sua vez, disse que já era esperado o pedido de afastamento do ministro. Afirmou que o partido não pensa em expulsá-lo, mas cutucou: "O Juca acha que estar no governo Lula é a própria revolução, a grande mudança e tal, enfim, que o Brasil precisa desse governo.

Juca Ferreira ficará afastado do partido por um ano. Mas ele afirma que não está preocupado com o que pode acontecer neste tempo, inclusive com uma eventual expulsão: Pode ocorrer o contrário e eu não querer voltar, não é?

O ministro é filiado ao PV da Bahia, que deve lançar a candidatura a governador do deputado Luiz Bassuma. Mesmo na Bahia, Juca deverá apoiar o nome do PT, o atual governador, Jaques Wagner. Ele se disse, inclusive, disposto a participar ativamente da campanha de Dilma Rousseff.

Leia mais sobre: Juca Ferreira

    Leia tudo sobre: juca ferreira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG