Estamos pegando também os do andar de cima , diz ministro - Brasil - iG" /

Estamos pegando também os do andar de cima , diz ministro

Para o ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, a punição pela via administrativa é a única que está funcionando no Brasil. Ao iG, ele comparou as penas aplicadas pela CGU às impostas pela Justiça.

Fred Raposo, iG Brasília |

"Pela via judicial, (a punição) nunca acontece. Ninguém vai para a cadeia por ter sido condenado por corrupção", afirma Hage, por e-mail. "Nós aqui conseguimos montar um sistema que expulsa essas pessoas dos quadros da administração pública, para onde não poderão mais retornar. É a única forma de combater a sensação de impunidade absoluta de que se reclama".

Desde 2003, a CGU contabilizou 2.440 expulsões, entre autoridades e servidores comuns, da administração federal. Hage ressalta que o número de ocorrências entre os escalões mais baixos seja maior, pois é onde se concentra o grosso do funcionalismo público. O ministro reforça, no entanto, que considera "mais grave" a corrupção cometida nos altos escalões.

"O importante é que estamos pegando também os do andar de cima. E isso nunca se fez no Brasil com essa intensidade. Afinal, excluir dos quadros do serviço público mais de 200 autoridades de nível alto não é trivial", pontua.

Hage assinala ainda que o resultado "não chega a surpreender". Segundo ele, a CGU tem apertado o cerco, principalmente, sobre práticas irregulares como improbidade administrativa, uso do cargo em proveito próprio e recebimento de propina.

    Leia tudo sobre: cgugoverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG