descoberta de um pequeno tumor (linfoma) em sua axila esquerda. Segundo Alencar, a ministra Dilma teria muito mais força do que ele para superar a doença." / Dilma tem muito mais força do que eu , afirma José Alencar - Brasil - iG" / descoberta de um pequeno tumor (linfoma) em sua axila esquerda. Segundo Alencar, a ministra Dilma teria muito mais força do que ele para superar a doença." /

Dilma tem muito mais força do que eu , afirma José Alencar

BRASÍLIA- O vice-presidente, José Alencar, afirmou nesta terça-feira que está confiante na recuperação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, que anunciou no último sábado a http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/04/27/dilma+nao+tem+mais+nada+diz+lula+sobre+doenca+5782936.htmldescoberta de um pequeno tumor (linfoma) em sua axila esquerda. Segundo Alencar, a ministra Dilma teria muito mais força do que ele para superar a doença.

Carollina Andrade |

Dizem que a mulher é mais forte do que o homem, especialmente no caso de saúde e, a ministra tem demonstrado isso. A gente tem sempre que encarar as coisas com serenidade. E ela tem serenidade e persistência, destacou o vice-presidente após solenidade no ministério da Justiça.

Segundo Alencar, a ministra irá contar com o apoio e a oração de todos os brasileiros para que vença as dificuldades no tratamento da doença. Vamos orar muito por ela. O câncer já foi estirpado. Pelo que os médicos dizem, este câncer é absolutamente controlado. Muitos já dizem que ela esta curada, completou.

Ele destacou ainda, que Dilma deverá aumentar o ritmo de trabalho nos próximos meses, pois, segundo ele, o trabalho seria uma motivação para enfrentar o tratamento. Ela tem muita coisa pela frente, especialmente no que diz respeito ao PAC. É muito importante que ela vá avante com o trabalho dela, destacou. 

Ao ser questionado se o câncer da ministra seria pior do que os que teve, Alencar destacou que não. Tenho bastante experiência de câncer. O meu primeiro foi em 1997, portanto, vão completar agora 12 anos. E ele (o câncer) foi muito mais pesado e muito mais perigoso do que esse.

Em janeiro deste ano, o vice-presidente passou por uma nova cirurgia para retirada de um tumor abdominal, no qual ele luta há mais de 10 anos.

Leia mais sobre: Alencar - Dilma

    Leia tudo sobre: dilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG