LOS ANGELES ¿ O longamente aguardado Avatar, do cineasta James Cameron, agradou em cheio à crítica especializada em sua première em Londres, na quinta-feira, sendo descrito em algumas das primeiras resenhas como de fazer o queixo cair, estarrecedor e filme que mudará o jogo em Hollywood devido a seus efeitos digitais.

Divulgação

Ao contrário do que alguns críticos desconfiam, recepção de "Avatar" foi avassaladora

A aventura épica em 3D do diretor do blockbuster de 1997 "Titanic" é um dos filmes mais caros da história do cinema, tendo custado cerca de 400 milhões de dólares para ser produzido e promovido. Seu lançamento comercial mundial começa na próxima semana, e "Avatar" chegará aos cinemas norte-americanos em 18 de dezembro.

A julgar pelas resenhas iniciais e a repercussão no Twitter, pode ter sido um dinheiro bem gasto pelo estúdio 20th Century Fox. "James Cameron comprovou: ele é o rei do mundo", derreteu-se o jornal do show business The Hollywood Reporter.

"Como comandante-em-chefe de um exército de técnicos de efeitos visuais, criadores de criaturas, especialistas em 'motion-capture', dublês, dançarinos, atores e magos da música e do som, ele trouxe o cinema de ficção científica para o século 21 com a maravilha de fazer o queixo cair que é 'Avatar'", disse o jornal.

O tablóide mais vendido na Grã-Bretanha, The Sun, descreveu "Avatar" como "o filme mais brilhante da década". "A cena de batalha final tem 20 minutos e é absolutamente estonteante."

"Avatar" mostra o povo Na'vi, que vive na floresta, lutando por sua sobrevivência contra uma operação colonial mineradora que quer extrair todos os recursos naturais de seu planeta. Um ex-fuzileiro naval aleijado é escolhido para fazer contato com o povo misterioso, como avatar controlado à distância.

A revista Empire deu ao filme cinco estrelas (a pontuação máxima), dizendo que "Avatar" é "uma experiência tremendamente recompensadora" cuja tecnologia nova "dará aos diretores uma caixinha de areia e tanto na qual brincarem."

O Twitter ficou repleto de comentários de jornalistas que estavam saindo da première. "James Cameron é um gênio! Não posso dizer muito, mas uau, amei o filme", escreveu Alex Billington do site de cinema FirstShowing.net.

Mark Brown, do London Guardian, escreveu na quinta que "Avatar" "realmente é muito, muito melhor do que se esperava, o visual é fantástico e a história prende a atenção, embora seja um tanto brega em muitas partes". "O filme terrível que alguns estavam prevendo não se concretizou. Foi bom," escreveu Brown.

Leia mais sobre Avatar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.