Quércia diz que trabalhará para aproximar PMDB e Serra

O ex-governador paulista e presidente do PMDB de São Paulo, Orestes Quércia, afirmou hoje, no Congresso Nacional, que trabalhará para aproximar seu partido do governador José Serra (PSDB). Quércia, que defende a candidatura de Serra à presidência da República em 2010, esteve no Legislativo cumprimentando o senador José Sarney (PMDB-AP), eleito presidente do Senado, e falando com o presidente nacional do PMDB e presidente da Câmara, deputado Michel Temer (SP).

Agência Estado |

"É difícil do PMDB sair do Lula, mas não é impossível. Eu diria até que é provável. O quadro é bom para essa ação dentro do PMDB em torno do Serra", afirmou Quércia, um dos muitos peemedebistas que circulam pelo Congresso satisfeitos com a eleição de Sarney.

Quércia disse que tem conversado com muitos correligionários e que mesmo os governistas aceitam dialogar sobre a possibilidade de apoiar Serra em 2010. "É ruim para o País a continuidade do governo do PT. Tem que trabalhar bastante para levar o PMDB para o outro lado. É hora de começar o processo", anunciou o presidente do PMDB de São Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG