Queimadas já consumiram 75 mil hectares na Bahia

SALVADOR ¿ As queimadas continuam se alastrando pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina, na Bahia. Cerca de 75 mil hectares de reserva natural já foram consumidos pelo fogo no último mês, conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Recursos do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e do parque.

Agência Nordeste |

A área corresponde a 50% da floresta nativa. Na madrugada deste domingo, mais 4 mil hectares viraram cinzas no Vale do Capão, município de Palmeiras, a 448 km de Salvador. Onze municípios registram queimadas. Na cidade de Mucugê, o estrago se estende em 20 quilômetros de linha de fogo pela reserva florestal. "Há lugares em que, se não houver um reflorestamento, a mata nunca mais vai para frente. Estão queimando áreas em Lençóis e Itaeté que nunca foram atingidas", afirma Christian Berlinck, chefe do parque.

Biólogo e analista ambiental do Instituto Chico Mendes (órgão resultante da cisão do Ibama e que administra áreas protegidas), Cezar Gonçalves diz que "com certeza, todo o ecossistema está comprometido". Segundo o biólogo, duas onças foram encontradas mortas, carbonizadas pelas chamas. Ele estima que espécies de aves só existentes na Chapada, como o beija-flor de gravata vermelha e o papa-formiga, podem já ter desaparecido.

Leia mais sobre: queimadas

    Leia tudo sobre: bahiaqueimada

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG