Queda de energia afeta ao menos um milhão de pessoas em Goiás

SÃO PAULO - Uma queda de energia afetou todas as cidades da grande Goiânia e algumas cidades do interior de Goiás na tarde desta quarta-feira. De acordo com a Companhia Celg de Participações (Celgpar), metade do estado foi atingida pela falta de luz.

Redação |

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que o desligamento foi de 800 megawatts e corresponde ao consumo de todas as cidades ao redor da capital de Goiás - ou 30 % do Estado.

O ONS informou que ainda não se sabe as causas do desligamento de energia, que ocorreu por volta das 14h, entre as subestações Anhanguera, da Celg, companhia de energia elétrica de Goiás, e a subestação Bandeirantes, na hidrelétrica de Furnas.

Já a Celgpar informou que a queda do sistema foi causada por uma palmeira que atingiu o sistema de transmissão, provocando o desligamento automático das sub-estações. A palmeira estava numa casa construída irregularmente sob a linha de transmissão.

Após 30 minutos, o fornecimento de energia foi retomado, mas houve uma nova queda, dessa vez menor - 480 megawatts-, às 15h40. Quinze minutos depois as cargas de eletricidade voltaram a ser religadas.

De acordo com a Celgpar, a empresa já entrou com ação na Justiça para a retirada dos moradores da área por onde passa a rede de alta tensão.

*Com informações da Agência Brasil

Leia mais sobre: queda de energia

    Leia tudo sobre: energiaenergia elétricaqueda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG