Quatro vítimas do desabamento estão em estado grave

Mais de 100 pessoas ficaram feridas no desabamento do teto da Igreja Renascer e foram atendidas em 21 hospitais da capital paulista. Dessas, 19 continuavam internadas até a noite de ontem - 4 em estado grave.

Agência Estado |

O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas por vítimas às 13 horas de ontem, com total de 110 pessoas resgatadas. Estima-se que na hora do acidente havia 400 fiéis no local.

Entre os feridos, o caso mais crítico é de Estefanie Banov de Sá, de 9 anos, que sofreu afundamento de crânio, foi operada e estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Paulo. O pronto-socorro recebeu 15 feridos, dos quais 5 continuam internados, 2 em estado grave. Além da menina, Rebeca Martins da Silva, de 55 anos, continua na UTI, com lesão de pneumotórax.

No Hospital das Clínicas (HC), Fabio Jodas de Oliveira, de 27 anos, continua em estado grave na UTI, com politraumatismo e afundamento de crânio. Sete vítimas entraram no HC e três continuam internadas. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, cinco pessoas continuam internadas nos hospitais municipais. Internada no Hospital do Servidor Público Municipal, Evelise Del Corso, de 17 anos, está em estado grave, com politraumatismo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG