Quatro vereadores eleitos em São Luís estão com problemas na Justiça

SÃO LUÍS - Terceiro vereador mais votado nas últimas eleições, com 7.795 votos, Severino Sales (PR) é alvo de denúncia encaminhada à Justiça Eleitoral. A equipe do jornal O Imparcial confirmou junto à 1ª Zona do Fórum Eleitoral que a denúncia foi encaminhada para o Ministério Público, que vai apreciá-la e decidir que destino deve ser dado à mesma.

Agência Nordeste |

Outros vereadores eleitos no último pleito são alvos de representação por parte do Ministério Público, mas diferentemente do caso de Severino Sales. Essa representação foi encaminhada à 2ª Zona Eleitoral e trata especificamente de infrações relacionadas à propaganda irregular, assunto da alçada desta Zona. Estão nesta situação os vereadores Edvaldo Holanda Junior (PTC), Sebastião Albuquerque (DEM) e Francisco Carvalho (PSL).

Calouro na Câmara Municipal de São Luis, Severino Sales disputou sua primeira eleição e teve o desempenho nas urnas elogiado pelo presidente Nacional do PR, Sérgio Tamer, para quem a eleição do colega de legenda foi um fato de renovação da política.

Com 24 anos de idade, ele alcançou uma votação surpreendente ficando atrás apenas do atual presidente da Câmara, Isaías Pereirinha (PSL) e de Edvaldo Holanda Junior (PTC).

O fato da existência de uma denúncia contra Severino Sales agora nas mãos do Ministério Público pode representar um risco de cassação do registro da sua candidatura, caso ela seja aceita pelo MP, que pode também decidir pelo arquivamento.

Enquanto as denúncias e representações correm na Justiça Eleitoral, na Câmara de Vereadores a corrida é pela disputa à Presidência da Casa. Pelo menos o atual presidente, Isaías Pereirinha e o vereador José Joaquim, já estariam declaradamente na briga.

Leia mais sobre: contas rejeitadas

    Leia tudo sobre: eleiçõesvereador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG