Quatro suspeitos morrem em confronto com PMs em SP

Quatro homens foram mortos durante uma troca de tiros com a polícia em Cangaíba, na zona leste de São Paulo, no início da noite de ontem. Eles estavam dentro de um carro roubado pouco antes quando o veículo foi avistado por uma viatura da Polícia Militar.

Agência Estado |

Os policiais deram início a uma perseguição até que a quadrilha desceu do carro e atirou contra os PMs, que revidaram.

Os quatro homens foram baleados e levados ao Pronto-Socorro Ermelino Matarazzo, mas não resistiram aos ferimentos. Com eles, a polícia apreendeu uma arma de brinquedo e três revólveres calibre 38. Uma mulher que também estava no carro se jogou no chão durante o tiroteio e não foi baleada. Ela foi presa e, segundo a polícia, já tinha passagens por receptação e roubo. O caso foi registrado no 24º Distrito Policial (Ponte Rasa) e a polícia não passou mais detalhes sobre o fato.

Mais violência

Um homem foi baleado no final da noite de ontem ao tentar assaltar, junto com mais dois comparsas, um casal de policiais em Santana, na zona norte de São Paulo. Segundo o relato de vizinhos, a mulher, que seria delegada, estacionou o seu carro em frente à casa do namorado quando foi abordada por três homens. Um deles teria apontado a arma para o rosto dela enquanto outro imobilizava com uma gravata o namorado, que saía de casa. Um dos dois policiais teria reagido e, depois de uma troca de tiros, um assaltante acabou baleado. Ele foi socorrido ao Pronto-Socorro Mandaqui, onde permanece internado. Os outros dois comparsas fugiram.

Já em São Bernardo do Campo, um grupo de suspeitos armados com fuzis abriu fogo ontem contra um sargento. À paisana, o sargento foi surpreendido pelos desconhecidos. Armado com uma pistola, o policial reagiu, sendo baleado em uma das pernas. Um dos suspeitos teria sido ferido também. Um pedestre, de 45 anos, que passava pelo local, foi atingido por uma bala perdida. Ambas as vítimas foram levadas para o hospital e passam bem. Ninguém foi preso. Na avenida foram encontrados 14 cartuchos de fuzil. Um carregador de pistola calibre 380, com 21 munições, foi abandonado pelo grupo armado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG