O governador do Rio, Sérgio Cabral, exonerou hoje quatro secretários de Estado que vão disputar vagas na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa (Alerj) em outubro. O fim do prazo de desincompatibilização para as eleições também fez o vice-governador Luiz Fernando Pezão deixar a titularidade da Secretaria de Obras.

Todos foram substituídos por subsecretários com perfis técnicos.

Alexandre Cardoso (PSB), Julio Lopes (PP) e Leonardo Picciani (PMDB) são candidatos à Câmara; Christino Áureo (PMN), à Alerj. Até sábado, quando acaba o prazo de desincompatibilização, outros integrantes do governo podem sair. Entre eles, a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva (PT), que deve ser candidata à deputada federal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.