Quatro são presos por exploração ilegal de minério

Onze órgãos públicos deflagraram hoje uma operação para combater a extração ilegal de calcários e dolomitos - minérios utilizados como matéria-prima pela indústria produtora de cimento, cal e corretivos do solo - no município de Pains, na região centro-oeste de Minas, a 217 quilômetros de Belo Horizonte. Ao todo, 32 empresas mineradoras estavam na mira da Operação Pá de Cal.

Agência Estado |

Conforme balanço parcial divulgado no início da tarde pelo Ministério Público Estadual (MPE), quatro pessoas foram presas em flagrante, outras quatro foram notificadas e foram apreendidos seis compressores, um caminhão carregador de calcário e material explosivo.

De acordo com o Ministério Público Federal, Pains detém uma das maiores reservas de calcário e dolomita do País, conhecida como Província Cárstica de Arcos e Pains. A região é rica em sítios arqueológicos e espeleológicos, distribuídos em mais de 800 cavernas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG